Sinais de que você pode ter um ataque do coração


Ataque cardíaco é uma das principais causas de morte no mundo.

Os principais problemas que levam a um ataque do coração são:
– Pressão arterial alta

– Colesterol alto
– Cigarro

Se você conseguir se afastar desses três problemas, já ficará mais longe de ter complicações no coração.

No entanto, há outros problemas que devem ser evitados, como:

– Diabetes
– Obesidade
– Má alimentação
– Sedentarismo
– Bebidas alcoólicas

Esses cinco fatores aumentam consideravelmente os riscos de ataque cardíaco.

O assunto é muito sério.

E detectar o problema o mais rápido possível pode garantir a sobrevivência.

Por isso é muito importante conhecer sintomas que podem ser detectados um mês antes do ataque:

s

1. Desconforto no peito

Este é clássico, todo mundo conhece.

Às vezes é uma pressão no peito, outra vezes é um ardor ou espécie de beliscão.

Geralmente isso surge durante uma atividade física ou até mesmo durante o repouso.

Observação: é possível um ataque cardíaco sem o sintoma do desconforto no peito, principalmente entre as mulheres.

2. Cansaço
Cansaço sem motivo é muito estranho.

Se o coração passa a trabalhar mais e as tarefas simples já se tornam cansativas, então tome cuidado!

Ao perceber que você está dormindo mais horas durante a noite ou tira vários cochilos durante o dia, atenção!

3. Tosses e resfriados duradouros

Se tiver um resfriado que parece que não vai embora nunca, pode ser sinal de insuficiência cardíaca.

Nessas horas é importante prestar atenção na cor do muco.

Se for branco, está tudo bem.

No entanto, se for rosado, pode ser o indício da presença de sangue e é preciso ver se tem relação com o coração.

4. Inchaço
Se o coração se esforça para bombear o sangue no corpo, veias podem começar a inchar.

Você pode perceber inchaço principalmente nos pés, pernas e tornozelos – pois são as partes mais distantes do coração.

Também é possível perceber cianose periférica, que é uma coloração azulada, vista nas extremidades.

5. Tontura
Com o sangue restrito, o coração fraco, o cérebro pode não estar absorvendo a quantidade correta de oxigênio.

O resultado disso é a sensação de tontura.

6. Falta de ar

O coração e os pulmões são parceiros de trabalho.

Quando o primeiro começa a funcionar mal, os pulmões ficam sem oxigênio necessário.

Resultado: dificuldade respiratória.